Já faz algum tempo que a arquiteta Tayra Zucchetti entrou em contato com Doggus para discutir o desenvolvimento de uma plataforma de publicação de anúncios para materiais de construção.

A forma mais simplificada de pensar o projeto é imaginar que o Sobrei.com é uma OLX voltada para construção civil, mas na verdade é muito mais do que isso.

Unindo sustentabilidade e vendas

No início, fizemos várias reuniões para entender qual seria o foco do projeto e qual seria a melhor forma de implementá-lo. No caso, um tipo de conversa muito comum que desenvolvedores fazem com os clientes, sempre trazendo o projeto do mundo das ideias para o mundo concreto.

Nessas conversas nós identificamos que a ideia do Sobrei.com permite unir a sustentabilidade com as vendas. Ou seja, um perfeito ganha-ganha.

Primeira versão do site na versão mobile

Da ideia para a prática

Eu reforcei com a Tayra várias vezes que este foi um dos projetos mais legais que nós da Doggus já participamos. Nós tivemos a oportunidade (e o sinal verde da cliente) de analisar e produzir do jeito que achávamos mais conveniente.

Nós realizamos diferentes reuniões para discussão de como a plataforma funcionaria, de que forma ela atenderia o cliente e, muito importante, quais seriam as formas de rendimento.

Depois, tivemos a liberdade de escolher as tecnologias e colocamos a mão na massa. Foram 6 meses de desenvolvimento e testes para chegarmos na primeira versão que foi ao ar neste setembro de 2020.

Havia uma pedra no meio do caminho

Fazendo brincadeira com o poema do Carlos Drummond, nós tivemos que repensar algumas escolhas do projeto. Inicialmente, como a ideia era implementar uma plataforma com uma grande quantidade de anúncios, fotos e acessos, escolhemos implementar o projeto usando Laravel (framework PHP) e tocamos ficha nesse desenvolvimento.

O que acontece é que para o projeto inicial ir ao ar, nós precisávamos de um conjunto mínimo de operações no site. Por exemplo, todo o processo de cadastro e publicação de anúncios gera pelo menos uns 6 e-mails transacionais. E também precisávamos de um painel para gestão dos usuários, anúncios e blog.

Nós fizemos alguns cálculos de padeiro e verificamos que esse caminho teria um custo de produção e testes muito grande para a liberação de uma primeira versão. Com isso, optamos por trocar de caminho para a versão inicial da plataforma e seguimos o caminho do WordPress.

Pois é, escolhemos um caminho que pode parecer estranho para alguns desenvolvedores ou ativistas de tecnologia, contudo existe uma diferença no nosso projeto WordPress: Nós usamos Roots.io.

O nosso ambiente WordPress utiliza Composer, Gulp, Sass, Docker e muito mais.

Conheça o Sobrei.com

Com o projeto no ar, começamos a etapa de divulgação, então acessa lá e conheça o Sobrei.com – O melhor outlet da Construção Civil

Comentários

Vamos trabalhar juntos




Do NOT follow this link or you will be banned from the site!